#SomosTodosCiência – SBPC 70 anos

9 de julho de 2019 / Comments (0)

Destaques Notícias

No dia do aniversário de sua fundação e Dia Nacional da Ciência, a SBPC divulga seu novo vídeo institucional, com o resgate de suas sete décadas de história. O vídeo “SBPC 70 anos” é parte do projeto #SomosTodosCiência, que a entidade lançou em maio, na TV SBPC, seu canal no YouTube. Há exatos 71 anos, em 8 de julho de 1948, cerca de 60 cientistas reunidos na Associação Paulista de Medicina, em São Paulo, fundaram a Sociedade Brasileira para o Progresso da Ciência (SBPC). Nessa época, pós Segunda Guerra Mundial, os institutos e universidades brasileiros enfrentavam uma crise muito séria, que motivou esse encontro, liderado pelo médico e farmacologista Maurício Rocha e Silva, pelo médico e jornalista José Reis e pelo biólogo Paulo Sawaya. Esse movimento tinha intenção dar força e representatividade à comunidade científica do País. Posteriormente, o dia 8 de julho foi estabelecido como o Dia Nacional da Ciência (Lei nº 10.221, de 18 de abril de 2001) e o Dia Nacional do Pesquisador (Lei nº 11.807, de 13 de novembro de 2008). A história da SBPC está profundamente ligada ao processo de evolução social, política e econômica brasileira e, especialmente, com a institucionalização da ciência e o desenvolvimento científico e tecnológico no País. Além da política, a história da SBPC é marcada pela luta pela consolidação de uma cultura científica no Brasil. Mesmo sediada em São Paulo, a SBPC está presente em todo o País por meio de suas Secretarias Regionais e da realização de suas famosas Reunião Anuais e Regionais, que já ocorreram em quase todos os estados brasileiros. Conta com 142 sociedades científicas afiliadas e mais de 5 mil sócios ativos, entre pesquisadores, docentes, estudantes e cidadãos brasileiros que apoiam e legitimam sua luta em defesa da educação e do avanço científico e tecnológico do Brasil. O vídeo “SBPC 70 anos” fecha o ano de celebrações do septuagésimo aniversário da entidade, iniciado em julho de 2018, e resgata, por meio de fotografias e vídeos históricos, um pouco dessa trajetória. A produção teve colaboração do Centro de Memória Amélia Império Hamburger, que abriga o acervo histórico da entidade, e contou com imagens icônicas, cedidas pelos fotógrafos Kenji Honda (Estadão Conteúdo), Marcos Santilli (Abril Comunicações S.A.), pelo Arquivo do Estado de São Paulo – Núcleo de Acervo Iconográfico e pelo Centro de Documentação e Informação Científica (CEDIC) da PUC-SP. Assista ao vídeo e compartilhe!

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *