CHAMADA PARA PUBLICAÇÃO – REVISTA LER (IILER/CÁTEDRA UNESCO/PUCRIO)

CHAMADA PARA PUBLICAÇÃO
LEITURA EM REVISTA – IILER/CÁTEDRA UNESCO/PUCRio

L.E.R. 15: Literatura infantil e juvenil em debate

Submissão de artigos entre 01 de julho e 31 de agosto de 2019.

Editores deste número:

Prof. Dr. Diógenes Buenos Aires de Carvalho – (UESPI) Universidade Estadual do Piauí

Profª. Drª. Eliane Aparecida Galvão Ribeiro Ferreira – (UNESP) Universidade Estadual Paulista – Faculdade de Ciências e Letras, Campus de Assis-SP

 

RESUMO: A produção literária destinada a crianças e jovens possui significativa presença no campo editorial, proveniente não só de suas elevadas vendas, como também da qualidade de suas obras. Este dossiê tem por objetivo proporcionar um espaço de reflexão crítica sobre a produção infantil e juvenil canônica e/ou contemporânea, tanto por meio da análise de suas obras literárias, quanto pela problematização teórica. Justifica-se a amplitude do recorte temporal como aspecto metodológico, tendo em vista mobilizar pesquisadores do campo dos Estudos Literários, bem como aqueles dedicados à Educação – que discutam como se constitui o subsistema infantil e juvenil dentro d a literatura, tanto através do tempo, quanto na contemporaneidade. Vale destacar que se objetiva agregar estudos que reflitam sobre essa produção não só no âmbito brasileiro, como no do exterior. Para tanto, almeja-se trazer à tona questionamentos sobre o texto literário enquanto objeto cultural, estético, político, ideológico, em suma, como produto passível de focalizações. Também, tornam-se pertinentes estudos comparativos entre obras literárias infantis e juvenis de autores diversos – brasileiros e estrangeiros –; análises de obras historicamente pouco divulgadas no campo literário; abordagens críticas com foco na materialidade da obra, nas imagens e/ou nos paratextos de publicações; estudos panorâmicos ou monográficos da produção de autores brasileiros e estrangeiros para crianças e jovens; revisão bibliográfica dos estudos críticos mais recentes direcionados ao corpus em questão; discussões teóricas ou reflexões críticas articulando autores, obras e público em contextos diversos. Por fim, espera-se que as discussões deem fôlego a perspectivas de estudos pautados pela percepção do objeto literário como produto cultural que assim se constitui pelos diferentes aspectos sociais, educacionais, econômicos, históricos que compõem práticas de leitura não só dos leitores crianças e jovens, mas também da crítica literária.

PALAVRAS-CHAVE: Literatura infantil; Literatura juvenil; Crítica literária.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *