Histórico

O foco no trabalho, a partir dos estudos da linguagem, ainda que relativamente recente, teve início com as trocas acadêmicas entre pesquisadores brasileiros e franceses, cujas relações começaram a ser construídas em 1992, fortaleceram-se em 1994 e foram se consolidando ao longo do tempo por meio de acordos interuniversitários; visitas de curta duração, na França e no Brasil; participação conjunta em colóquios/congressos; materialização, no período de 1997-2000, do convênio Capes-Cofecub.