Aprovado em 2018, no XXXIII ENANPOLL, o GT Semântica e Estudos Enunciativos tem como objetivo promover a interação de pesquisadores que desenvolvem estudos linguísticos a partir de abordagens da enunciação. Com esse canal de interação, pretende-se criar um ambiente de colaboração e ao mesmo tempo de agregação de resultados de pesquisa e de informações relevantes para a identidade da área de estudos. Dessa maneira, pretendemos produzir visibilidade nesse campo e impulsionar estudos enunciativos, tanto os de ordem teórica quanto os aplicados ao ensino. A GT agrega as seguintes linhas de pesquisa:

Enunciação e sujeito: abordagens histórico-sociais

Estudos da significação em que a enunciação é concebida pelo viés histórico-social, tendo em vista uma concepção de sujeito e do político fundamentada no materialismo histórico.

Aspectos antropológicos da enunciação 

Estudos que buscam estudar fenômenos de linguagem ancorados na experiência do homem acerca de sua condição de falante.

Fundamentos epistemológicos do campo enunciativo

Estudos que procuram estudar a configuração epistemológica das teorias enunciativas.

Significação e articulações linguísticas

Agregação de abordagens da significação centradas na materialidade linguística, oriundas de diversos matizes teóricos no campo da semântica.

Linguagem e significação: abordagens clínicas

Discussão de pontos de vista sobre o sentido e a enunciação na linguagem, tendo em vista a contribuição para a compreensão de questões de ordem clínica.

Semântica e ensino

Arregimentação de pesquisas que, independentemente dos matizes teóricos, produzam contribuição para o ensino de línguas, particularmente o da Língua Portuguesa.