Home » Eventos » II Encontro (Re)Pensar Recôncavo – Cultura, Turismo e Desenvolvimento – CAHL/UFRB

II Encontro (Re)Pensar Recôncavo – Cultura, Turismo e Desenvolvimento – CAHL/UFRB

15 de novembro de 2017
 

Prezad@sambém

O grupo de pesquisa Desenvolvimento, Políticas Sociais, Cultura e Turismo (DESCUT) do Centro de Artes, Humanidades e Letras (CAHL), da Universidade Federal do Recôncavo da Bahia (UFRB), contando com a parceria do Observatório da Economia Criativa da Bahia (OBEC) e apoio do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq), estará realizando a segunda edição do evento (Re)Pensar Recôncavo – Cultura, Turismo e Desenvolvimento, de 11 a 13 de dezembro de 2017, no CAHL/UFRB, na cidade de Cachoeira.
O II Encontro (Re) Pensar Recôncavo objetiva possibilitar a que docentes, discentes e comunidades do Recôncavo baiano, destacadamente, mas, também, de outras regiões da Bahia, possam discutir questões concretas envolvendo a temática do desenvolvimento, a partir da cultura e do turismo.
O II (Re) Pensar Recôncavo estará também recebendo trabalhos a serem selecionados para apresentação em GTs, abordando as temáticas da Cultura, Diversidade e Sustentabilidade; Turismo, Patrimônio Cultural e Desenvolvimento; Economia da Cultura e Criativa: Indicadores, inovação e rede; Políticas Sociais, Cultura e Desenvolvimento; Patrimônio Histórico e Educação. Serão fornecidos certificados de 20 horas, para participação em pelo menos 70% das atividades do evento, e de apresentação de trabalho para os apresentadores. Os trabalhos podem ter o máximo de seis autores.
O evento poderá contribuir para que novos estudos acadêmicos venham a ser desenvolvidos, seja na graduação ou na pós-graduação, utilizando-se, inclusive, de metodologias e pesquisas apresentadas. Em adição, a grande inovação do evento refere-se ao seu aporte na direção de oportunizar um mais amplo diálogo entre a academia, as lideranças políticas e institucionais e a comunidade do Recôncavo. Pensar e repensar juntos as questões centrais que envolvem a cultura, o turismo e o desenvolvimento dessa região, através de diálogos entre os mestres, os produtores de cultura, os grupos culturais, gestores públicos e acadêmicos em muito poderá contribuir para a concepção de alternativas concretas às problemáticas levantadas, e, assim, para a definição de novas políticas públicas e também de novas ações no campo acadêmico.
Convidamos a que participe conosco do evento e, se possível, que o divulguem junto aos seus contatos.
Em anexo, segue material informativo sobre o conteúdo dos GTs, link para inscrição e a programação preliminar.
Carga horária de 20 horas para participação no evento. E certificado de apresentação em GT.
Atenciosamente,
Lúcia Aquino de Queiroz