Home » Notícias » Repúdio à Ação da PF na UFMG e em defesa do Estado de Direito – Nota do FCHSSA

Repúdio à Ação da PF na UFMG e em defesa do Estado de Direito – Nota do FCHSSA

8 de dezembro de 2017
 

Repúdio à Ação da PF na UFMG e em defesa do Estado de Direito

O Fórum de Ciências Humanas, Sociais e Sociais Aplicadas, coletivo que reúne mais de cinquenta  instituições científicas e acadêmicas brasileiras, vem tornar pública a sua posição de repúdio à violência cometida ontem, 06 de dezembro, contra a Universidade Federal de Minas Gerais,  seus dirigentes e funcionários.
A condução coercitiva dos dirigentes e professores da UFMG  para depoimento na sede da Polícia Federal foi um ato autoritário, descabido e claramente desvinculado do objetivo de realização da justiça.
A Polícia Federal deu mostras, mais uma vez, de que suas ações têm forte teor político. A condução coercitiva e a exposição de professores universitários como se criminosos fossem, é inaceitável em um regime democrático, razão pela qual o Fórum expressa sua preocupação com atos como este que,  a cada dia,  colocam em risco o Estado de Direito e a Democracia no país.
A ação política da Polícia acaba, além disso,  por  autorizar outros agentes públicos e privados a agirem contra os direitos garantidos pela Constituição, como temos visto acontecer de norte a sul do Brasil.
É preciso reagir! Por isso,  o Fórum de Ciências Humanas, Sociais e Sociais Aplicadas manifesta seu repúdio à ação da PF na UFMG e conclama as instituições parceiras a fazerem o mesmo.
Belo Horizonte, 07 de dezembro de 2017.

Prof. Luciano Mendes de Faria Filho
Coordenador do FCHSSA

 

UFMG – manifestacao do Forum