Solicitação de divulgação

10 de março de 2020 / Comentários desativados em Solicitação de divulgação

Chamadas Destaques

“Poesia contemporânea em performances urbanas”

Nos últimos anos floresceram nas grandes metrópoles, brasileiras e mundiais, fenômenos culturais que têm a poesia como parte ou núcleo de ações coletivas ligadas tanto ao lazer quanto a processos de subjetivação, socialização e ativismo político e cultural. No caso brasileiro, a explosão do hip hop, ainda nos anos 1990, seguida depois pelos célebres saraus do Binho e da Cooperifa, em São Paulo, e mais recentemente a difusão da poesia slam são faces já consagradas desses movimentos, primordialmente urbanos e periféricos, que procuram revitalizar a lírica através da performance, da comunicação direta com o público, do restabelecimento do vínculo comunitário e da catarse através da palavra poética.

Interessado em refletir sobre esse fenômeno, o Vol. 16, nº 31, da revista Texto Poético abre chamada de trabalhos para o dossiê “Poesia contemporânea em performances urbanas”. O número visa acolher trabalhos que investiguem as relações entre criação poética e performance em contextos urbanos marcados, geográfica e/ou socialmente, pela estigmatização cultural e exclusão econômica. Em torno desse tema geral, aceitamos submissões de artigos que examinem, através de análises críticas, ensaios teóricos ou pesquisas de campo, fenômenos como saraus, slams, batalhas de rimas, inscrições poéticas via grafite e “pixo”, a partir de um ou mais dos seguintes eixos:

– Articulações entre oralidade, corporalidade e performance. Os formatos e dinâmicas dos eventos poéticos e as formas de interação com o público. Os diálogos com outras linhagens poéticas, gêneros literários e linguagens, como a música popular, o cordel e o videoclipe;

– Distribuição geográfica, clivagens sociodemográficas, formação de redes de sociabilidade e ocupação de espaços públicos e privados. Registro, difusão e arquivamento de performances e eventos poéticos por meio da internet e das redes sociais;

– Estratégias formais de construção estética, com análise crítica de corpus específicos. Desafios teórico-metodológicos para a apreciação, a distinção e a análise dessa produção. Formas e critérios de valoração definidos pela audiência e seus impactos na produção artística dos/as poetas. Relações e tensões com a tradição literária, o cânone poético, a universidade/academia, a cultura do livro e o mercado editorial. Os sistemas regionais, nacionais e internacionais de difusão e premiação e a dimensão global dos movimentos poéticos;

– Configurações identitárias de gênero, étnico-raciais e/ou de classe veiculadas por essa poesia. Formas de subjetivação e estratégias de denúncia e resistência acionadas e (re)inventadas por essas manifestações. Mecanismos de incorporação/apropriação dos movimentos poéticos contemporâneos ao circuito cultural e ao discurso midiático hegemônicos;

– Contribuições dessas práticas para a formação de público leitor de poesia, incluindo apropriações pelo espaço escolar, levando em conta a ampliação de repertórios, a dessacralização da poesia, o papel da fruição e do juízo crítico no consumo dessas vertentes poéticas.

A revista também aceita submissões para a seção Vária, com artigos de temática geral dentro dos estudos sobre poesia, além de resenhas e entrevistas.

Período de submissão de trabalhos via sistema: 02 de março a 01 de junho de 2020.

Previsão de Publicação: setembro de 2020.

Organizadores:

Marcelo Ferraz de Paula (UFG)

Carlos Cortez Minchillo (Dartmouth College)