MOÇÃO DE APOIO À PROFESSORA EDWIGES MORATO

14 de outubro de 2021 / Comentários desativados em MOÇÃO DE APOIO À PROFESSORA EDWIGES MORATO

Destaques Notícias

O Grupo de Trabalho Linguística e Cognição – LingCog, da Associação Nacional de Pós Graduação e Pesquisa em Letras e Linguística – ANPOLL, vem a público prestar sua  solidariedade pessoal e profissional à colega Professora Doutora Edwiges Maria Morato,  Professora-Associada III (Livre-docente) do Departamento de Linguística do Instituto de  Estudos da Linguagem, da Universidade Estadual de Campinas (SP) – UNICAMP, e um dos  membros fundadores deste GT, a qual tem sido alvo de constrangimentos, injúrias,  difamações e calúnias em redes sociais.  

Pesquisadora do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico – CNPq,  reconhecida por seus pares e alunos, tanto pela qualidade de sua pesquisa e profundidade  de sua produção acadêmico-científica quanto por sua postura ética, a Professora Doutora  Edwiges Morato já contribuiu, como orientadora, para a defesa de 19 teses de Doutorado e  23 dissertações de Mestrado, além de contar com outras 27 orientações de iniciação científica  realizadas ao longo de seus mais de 25 anos dedicados ao magistério superior.  

Da mesma forma, apoio e solidariedade são prestados, por este GT, aos colegas, Professores  Doutores Heronides Moura, Professor Titular do Programa de Pós-Graduação em Linguística  da Universidade Federal de Santa Catarina – UFSC, e também membro deste GT, e Bernardo  Lewgoy, Professor Titular do Departamento de Antropologia e do Programa de Pós 

Graduação em Antropologia Social da Universidade Federal do Rio Grande do Sul – UFRGS,  que também foram e continuam sendo alvos de acusações infundadas.  

A orientação de alunos é uma atividade inerente ao trabalho docente em cursos de graduação  e pós-graduação (especialização, mestrado e doutorado), sempre baseada em princípios  éticos e respeito mútuo, cabendo ao orientando reconhecer a autoridade acadêmica que  emana da competência e experiência profissional não só de seu(sua) orientador(a), mas  também dos membros de uma banca examinadora que, além de avaliar o trabalho e arguir o  discente, oferece contribuições relevantes para o aprimoramento da pesquisa. 

Reiterando seu apoio e solidariedade, o GT Linguística e Cognição lamenta e repudia  profunda e veementemente a violência moral sofrida pelos estimados colegas, docentes  íntegros e competentes que certamente atuaram com a idoneidade e o rigor que o fazer  científico requer. 

São Luís, Maranhão, 13 de outubro de 2021. 

GT Linguística e Cognição

MoçãoAPOIO