Povos originários do Brasil são tema de live no Portal do Bicentenário

16 de novembro de 2021 / Comentários desativados em Povos originários do Brasil são tema de live no Portal do Bicentenário

Destaques Menores Eventos Menores

Aula aberta da UFRGS será transmitida no dia 16 de novembro pelo YouTube

A roda de conversa “Museologia Indígena: educação, Memória e as lutas dos povos originários no Brasil” é uma aula aberta da disciplina de Estágio de Docência em História – Educação Patrimonial da Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS) ministrada pelas professoras e integrantes do Portal do Bicentenário Carmem Gil e Melina Perussatto. Participam Ronaldo Kapinawá, Suzenalson da Silva Santos e Alexandre Gomes, articuladores da Rede Indígena de Memória e Museologia Social.

No dia 16 de novembro, a partir das 19h, o Portal do Bicentenário transmitirá esta aula no formato roda de conversa, no seu canal no YouTube. Participam Nalson Kanindé e Ronaldo Kapinawa, articuladores da Rede Indigena de Memória e Museologia Social, com a mediação de Alexandre Gomes (Núcleo de Estudos e Pesquisas sobre Etnicidade/Nepe-UFPE).

A Rede Indígena de Memória e Museologia Social surgiu em dezembro de 2014 a partir da aproximação entre iniciativas museológicas indígenas, como uma instância de articulação, troca de experiências e de intercâmbios, que fomentou circuitos inéditos de interações, um crescente protagonismo no campo das políticas públicas museológicas e o desenvolvimento de práticas e ações museológicas em territórios indígenas, associadas à autogestão de referências de patrimônio e memória articuladas às mobilizações étnicas dos povos.

Haverá tradução para libras e emissão de certificado.

CONVIDADOS

José Ronaldo França de Siqueira – É uma liderança do povo Kapinawá de Pernambuco, Pedagogo e Especialista em Arqueologia Social Inclusiva (URCA). Diretor da Escola Indígena Diniz Alexandre (Aldeia Malhador, Buíque/PE), coordenador do Museu Kapinawá e articulador da Rede Indígena de Memória e Museologia Social.

 Suzenalson da Silva Santos – É indígena do Povo Kanindé do Ceará, Mestre do Curso de Mestrado Interdisciplinar em Humanidades – MIH pela Universidade da Integração Internacional da Lusofonia Afro-Brasileira – UNILAB Redenção, coordenador Núcleo Educativo do Museu Indígena Kanindé e professor da Escola Indígena Manoel Francisco dos Santos.

 Alexandre Gomes – É historiador, antropólogo e indigenista . Graduado em História (UFC), Mestre e Doutor em Antropologia pela UFPE, com estágio-sandwich no CIESAS/Pacifico Sur (Oaxaca, México). Investigador associado ao Núcleo de Estudos e Pesquisas sobre Etnicidade (NEPE/UFPE), assessor da Rede Indígena de Memória e Museologia Social e do Museu dos Kanindé/CE.

MEDIADORAS

Carmem Zeli de Vargas Gil – É professora da área de ensino de História na Faculdade de Educação da UFRGS e integrante do GT 5 de Conteúdos e Curadoria do Portal do Bicentenário.

Melina Perussatto – É professora adjunta na Área de Ensino de História do Departamento de Ensino e Currículo da Faculdade de Educação da Universidade Federal do Rio Grande do Sul (DEC-FACED-UFRGS) e integrante do GT 5 de Conteúdos e Curadoria do Portal do Bicentenário.


Anote aí:
Data: 16/11/2021
Horário: Das 19h às 20h30 (horário de Brasília)
Link:  https://www.youtube.com/watch?v=1e0Py-m9EgYTransmissão ao vivo pelo canal do Portal do Bicentenário no YouTube. Acesse também o site Portal do Bicentenário.