Nota de pesar do PÓS-LIT / UFMG pela Professora Eneida Maria de Souza

7 de março de 2022 / Comentários desativados em Nota de pesar do PÓS-LIT / UFMG pela Professora Eneida Maria de Souza

Notícias

É com profundo pesar que nos solidarizamos com familiares, amigos e alunos da Professora Emérita da Faculdade de Letras da UFMG e professora do Programa de Pós-graduação em Letras: Estudos Literários, Eneida Maria de Souza, que nos deixou em 1º/3/22. Graduada em Letras pela UFMG (1966), mestre em Literatura Brasileira pela PUC-Rio (1975) e doutora em Literatura Comparada pela Universidade de Paris (1982), a Profª Eneida foi, por mais de três décadas, um nome de grande destaque nos estudos de literatura brasileira e de literatura comparada em nosso país. Deixa uma obra de grande erudição e raro vigor teórico, frequentemente em torno da obra do escritor Mário de Andrade, e que, desde o final dos anos 1980, tem exercido grande influência sobre pesquisadores e leitores brasileiros em geral. A Profª Eneida esteve vinculada à Faculdade de Letras da UFMG desde 1968, quando ingressou como professora do quadro permanente, de onde se aposentou em 1995, e onde se tornou Professora Emérita em 2006. Teve grande atividade como pesquisadora, docente e orientadora, tendo tido significativa participação no Programa de Pós-graduação em Letras: Estudos Literários e no Acervo de Escritores Mineiros da UFMG, atuando ainda como professora visitante em diversas instituições brasileiras de ensino superior. Entre seus livros, destaquem-se “A pedra mágica do discurso” (Editora UFMG, 1988); “Crítica cult” (Editora UFMG, 2002/2007); “Pedro Nava – o risco da memória” (Funalfa, 2004); “Tempo de pós-critica” (2007/2011); “O século de Borges” (Autêntica, 2009); “Correspondência – Mário de Andrade & Henriqueta Lisboa” (EDUSP/ Peirópolis, 2010); “Janelas indiscretas – Ensaios de crítica biográfica” (Editora UFMG, 2011); “Tempo de pós-crítica” (Veredas & Cenários, 2012); “Modernidade toda prosa” (Casa da Palavra, 2014; em co-autoria com Marília Rothier Cardoso); “O futuro do presente: arquivo, gênero e discurso (Editora UFMG, 2012). Pesquisadora nível 1A do CNPq, com intensa produtividade ao longo de toda a carreira, a Profª Eneida lançou ainda em 2021, a coletânea “Narrativas impuras” (Companhia Editora de Pernambuco). Sua figura carismática, seus preciosos ensinamentos e sua obra iluminadora ficarão para sempre em nossa memória e em nossos corações, como exemplos de uma inteligência viva e sempre em busca de renovação,  a serviço de uma incansável luta pela literatura em nosso país.
Antonio Orlando Dourado-Lopes
(Coordenador do “Programa de Pós-graduação em Letras: Estudos Literários” – Pós-Lit / UFMG)